3 de jun de 2012

Memória.


           Sábado depois do almoço íamos para o quintal jogar bola. Ele fazia os chutes e eu ficava por conta da defesa. O portão era nosso gol, as paredes a trave e o barulho da bola batendo no portão, motivo do grito na cozinha. O tilintar das louças sendo enxaguadas embalavam nossa brincadeira até que a mais doce voz soava da cozinha dizendo: “Nani, já são 2 horas!”. Dois sorrisos abriam simultânea e instantaneamente. Era hora de usar a internet.

Um comentário

Danilo Braga disse...

Nossa que saudade!! Que tempo bom!! Como vc lembrou da internet, achei que nem se lembrasse mais disso! Hehe
Sem palavras ...